Manual do namorado mínimo

Cansada de ver tanto cara ogro nesse mundo, vão aí pequenas dicas que deveriam ser itens de série nos namorados (a maioria, aliás, desnecessária a quem tem qualquer indício de noção).

1- Quando ela dormir na sua casa acompanhe-a, no mínimo, até o portão no dia seguinte. (Dar banho e preparar o café da manhã é pedir demais?)

2- Demonstre seus sentimentos! Nada over, mas o suficiente para tornar as coisas claras. É terrível relacionar-se com alguém que parece aquelas caixas pretas dos programas dominicais, onde o convidado deve que meter a mão sem saber se encontrará um monte de baratas ou um tecido felpudo.

3- Por mais difícil que seja, tente não levar todo o mau humor do dia/noite para a relação. Envolve a companheira, que nada tem a ver com a história, e pode acabar também com o humor dela… A briga é quase certa!

4- Por mais puta que sua namorada seja, por mais submissa, por mais que goste de comer cocô durante o sexo, trate-a como a mulher mais respeitável do mundo fora da intimidade. Nada de palavras ou gestos pejorativos em público.

5- Não aja como se o prazer que você (bem machistamente falando) proporciona a ela durante o sexo, que seu pinto, ou qualquer fluido que saia do seu corpo fossem remédios. Quando a mulher está triste, com dor de cabeça, com cólica ou o-que-quer-que-seja de físico ou sentimental, certamente não é de uma (novamente bem machistamente falando) pica grossa que ela precisa. Ela só precisa de uma pica grossa, ou não tão grossa assim, em primeiro lugar, quando gosta de pica, em segundo (e necessariamente) quando está com tesão.

6- Se for olhar para outras mulheres na frente da namorada seja o mais discreto que conseguir. Dispensa explicações.

7- Não seja tão atencioso com as piriguetes outras mulheres que vierem conversar com você na frente da namorada, especialmente as que vêm com muito nhém-nhém-nhém. Em geral, a vontade da namorada vai ser voar no pescoço da vaca e bater a cabeça dela na guia até sangrar.

8- Seja compreensivo. Nós (desculpe se alguém não se sentir contemplada pela generalização) não raramente, de forma repentina e geralmente sem motivo racional que explique, podemos sentir o peso de toda angústia (ou insegurança, ou medo, ou tristeza) do mundo sobre nossas costas. Nessas horas, mesmo que seja irritante, tente ficar perto e ser carinhoso! Dose tripla na TPM.

9- Nunca concorde quando ela disser que está gorda, ou o faça com tantas ressalvas que não soe como concordância. Jamais fale mal das roupas que ela usa. Em hipótese alguma caia na armadilha de assumir posição a favor de alguém, quando ela te propor uma comparação, ou quando estiver falando da família dela. Desconversar é o melhor remédio.

Anúncios

2 comentários (+add yours?)

  1. Danieeel
    Abr 25, 2011 @ 06:13:35

    Sensacional o texto!

    Bem útil, viu? Se bem que eu já faço isso tudo por conta própria… rsrsrsr

    Responder

  2. Baco
    Abr 25, 2011 @ 11:09:59

    Bom matar as saudades de vc, solteira… Aliás, esse texto seria uma crítica elaborada por conta de sua situação de ex-solteira?? rsrs
    Beijo e ainda esprro seu email… rs

    Responder

Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: