E mal acabou o primeiro mês!

Completei 30. A data passaria em branco, não fosse pelo brownie que a amiga fofa trouxe; um pai ex-fumante com diagnóstico de câncer internado que, como sempre, foi o primeiro a desejar parabéns; uma dor nas costas que me deixou de cama por dias, uma semana antes do dia do aniversário; o seguro do carro que deu errado (tá para existir coisa no Brasil que funcione menos que central de atendimento); resfriado e infecção urinária; necessidade urgente de mudança… Enfim, resta torcer para que as merdas do ano já tenham acabado.
Tenho uma incapacidade suprema em administrar situações de estresse e a reação de agora é esquecer de tudo: prazos, chave de casa, dinheiro para o metrô, carteira no restaurante, crachá, comer…
O namorado tá segurando uma barra pesada comigo! Tô super ansiosa, carente e sensível, e terrivelmente chata! Um esforço me olhar no espelho…
Ao mesmo tempo, fico sentindo que o namoro tá morno, que não fazemos nada diferente e minha libido não dá as caras faz tempo… De uns dias para cá ele tem comentado de uma colega nova no trabalho… Insegurança era, definitivamente, o que faltava na vida, mais que isso só umas férias no Caribe!
Pensei em procurar o amante, mudar de ares, sair dessa minha realidade cotidiana sufocante… Arrumou uma namorada, está perdidamente apaixonado e nem aí pra mim.

É bão, deixa a gente forte!

Anúncios

Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: