O tal amor livre no universo liberal

A moça do Café Feminista levanta pontos importantes sobre a dificuldade em praticar o amor livre. O texto usa como base de análise o patriarcalismo, o capitalismo e o sexismo e me levou a pensar nas relações não monogâmicas entre swingers.

No universo swinger, os encontros geralmente acontecem sobre supervisão masculina e, mais que objeto sexual, a mulher – hipersensualizada – é transformada em moeda de troca, ou em isca para outras mulheres, com o propósito principal de satisfazer os fetiches do homem. O mesmo cabe para os raros encontros nos quais a mulher participa sozinha, atendendo o fetiche masoquista de se saber traído.

Embora a sensualidade da mulher seja estimulada e valorizada, sua sexualidade ainda é fortemente controlada, por meio da afirmação de padrões – desde o de beleza até o da submissão e exposição femininas – do meio “baunilha”.

A problematização da monogamia fica no âmbito do individual e privado, abordando apenas a negociação e administração do ciúme, da possessividade e não a estrutura social que naturaliza a monogamia e a exclusividade. No discurso swinger o casamento continua a mesma instituição blindada, imune às relações extraconjugais extremamente superficiais desenvolvidas com outras pessoas. A traição, assim, é se relacionar livremente, sem o conhecimento – e participação – do outro, é se entregar, se permitir apaixonar.

Neste ponto, o adjetivo “liberal” utilizado para designar os casais que praticam a troca e os ambientes onde ela ocorre vem bem a calhar. Trata-se exatamente de liberalidade, de generosidade, de partilhar – atos típicos que efetuamos com as coisas – e não de liberdade.

Desse modo, essas relações, que aparentemente subvertem a ordem posta, mostram-se profundamente conservadoras, uma vez que ocorrem num universo catártico e não no mundo cotidiano, onde devem ser construídas as mudanças.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: